Leggendo gli italiani – A vida mentirosa dos adultos

“O que se passa, afinal, no mundo dos adultos, na cabeça de pessoas extremamente racionais, em seus corpos carregados de saber? O que os reduzia a animais dentre os menos confiáveis, piores do que os répteis?” Como já comentei neste post, durante a quarentena eu caí de amores pela Itália – pela língua, pela cultura, pelas séries… e pelos livros. A partir daí iniciei uma … Continuar lendo Leggendo gli italiani – A vida mentirosa dos adultos

Entre páginas – Wilkie Collins

“(…) he was perhaps the sweetest-tempered of all the Victorian novelists.” Há alguns anos, tinha uma FNAC no Shopping Morumbi que sempre fazia saldões de livros clássicos. Como fã dos autores vitorianos, é claro que eu aproveitava as oportunidades para estocar diversas obras! A primeira delas que decidi ler foi o “catatauzão” The Woman in White… …E foi o suficiente para me apaixonar pela escrita … Continuar lendo Entre páginas – Wilkie Collins

Clube de Leitura do Café – Dias de abandono

Não é a primeira vez que as três meninas do Café se aventuram em uma leitura conjunta, mas depois de muito tempo – e algumas tentativas frustradas – resolvemos tentar novamente com esse desafio. A ideia de voltar a ler juntas e comentarmos nossas impressões em grupo surgiu em uma das inúmeras vezes que saímos para papear. Desta vez, no meio da Livraria Cultura e … Continuar lendo Clube de Leitura do Café – Dias de abandono

Entre páginas – A revoada (o enterro do diabo)

“Quarta-feira em Macondo. Um bom dia para enterrar o diabo.” Sabe aquele autor que você tem CERTEZA que vai AMAR antes mesmo de chegar a ler? Esse era o meu caso com Gabriel García Márquez. Dessa vez, finalmente decidi tirar a poeira dos seus livros que habitavam a minha estante e conhecer a narrativa do autor… e não me arrependi! A revoada (o enterro do … Continuar lendo Entre páginas – A revoada (o enterro do diabo)

Entre páginas – Baratas

“Aos raros sobreviventes que carregam a dor de sobreviver.” A primeira vez que soube do genocídio ocorrido em Ruanda, quando a parcela de população da etnia hutu matou quase 70% da população tutsi, em 1994, foi por meio do filme Hotel Ruanda, que assisti para um trabalho da escola. Lembro de ter ficado muito impressionada com aquelas imagens – tristes, devastadoras, dolorosas – e querer … Continuar lendo Entre páginas – Baratas

Entre páginas – Torto arado

“O medo atravessou o tempo e fez parte de nossa história desde sempre.” Não é todo dia que um livro de ficção literária – ainda mais nacional – domina a lista dos mais vendidos. Ainda mais se a obra for de um autor fora do eixo Rio-São Paulo e tratar da cultura brasileira praticamente em sua raiz. Torto arado, do baiano Itamar Vieira Junior, é … Continuar lendo Entre páginas – Torto arado

Entre páginas – Ódio, amizade, namoro, amor, casamento

Quem diria que eu iria gostar tanto de contos? Há alguns anos eu confesso que torcia o nariz para as histórias breves, sempre alegando que o que eu de fato gostava era dos livros grandões que me fizessem mergulhar profundamente em um romance completo. Pois não é que mordi minha língua? Claro, é bem verdade que “I like big books and I can’t deny”, mas … Continuar lendo Entre páginas – Ódio, amizade, namoro, amor, casamento

Entre Páginas – Enola Holmes: O caso do marquês desaparecido

O filme da irmã mais nova do Sherlock Holmes estreará semana que vem, e claro, fomos ler o livro. Essa leitura foi feito com base na edição em inglês da Puffin Books, mas o livro será publicado em 01/10/2020 pela Verus Editora. Sinopse: Em Enola Holmes: O caso do marquês desaparecido, Enola Holmes ― irmã do famoso detetive Sherlock Holmes ― descobre no dia de … Continuar lendo Entre Páginas – Enola Holmes: O caso do marquês desaparecido

A Letra Escarlate de Nathaniel Hawthorne

Fui conhecer esse livro tão importante da literatura americana e, ficou por isso mesmo. A ficção de Nathaniel Hawthorne, cuja sólida construção estilística fez dele o primeiro grande romancista dos Estados Unidos, apresenta os dilemas de personagens que, cerceados por uma sociedade puritana, buscam o direito à liberdade afetiva. Hawthorne desce aos segredos do subconsciente reprimido, à tensão dos impulsos contraditórios, à angústia que transita … Continuar lendo A Letra Escarlate de Nathaniel Hawthorne

O Ruído do Tempo de Julian Barnes

Mais um do Julian Barnes.  Julian Barnes resgata e ficcionaliza a trajetória do compositor russo Dmitri Shostakovitch para retomar questões recorrentes em sua obra como a memória e a verdade. A história tem início em 1937, na União Soviética, quando Shostakovich certeza de que será preso, exilado na Sibéria, talvez até executado, após escrever um de seus maiores concertos, Lady Macbeth de Mtsensk, que não agradou … Continuar lendo O Ruído do Tempo de Julian Barnes